AIZOMÊ abre as portas na JAPAN HOUSE São Paulo

Chef Telma Shiraishi inaugura dia 23 de abril, sua segunda casa e traz uma leitura atualizada do renomado restaurante para o centro cultural na Avenida Paulista

Democrático, sustentável e com olhos para o futuro.

Esses são alguns dos conceitos que irão nortear o Aizomê na JAPAN HOUSE São Paulo, novo restaurante da chef Telma Shiraishi.

A unidade – que inaugura no dia 23 de abril, irá acompanhar a proposta do centro cultural de mostrar a contemporaneidade e a diversidade do Japão, incluindo a vertente gastronômica. “Com a segunda casa do Aizomê na JAPAN HOUSE São Paulo teremos a oportunidade de difundir para um maior número de pessoas as diversas facetas e os pilares da culinária japonesa com foco em ingredientes sazonais, locais e de pequenos produtores, apresentados com os sabores e técnicas tradicionais japonesas”, conta Telma.

O menu do novo espaço, que reflete a cozinha delicada e autoral da chef, irá mesclar preparações equilibradas em receitas quentes e frias. A utilização dos melhores produtos do campo e do mar são baseados em um extenso trabalho de pesquisa e curadoria de ingredientes, produtores e fornecedores comprometidos com qualidade e dedicação ao ofício.

Para a nova empreitada, a chef aposta no conceito dos settos – um conjunto de pratos variados que compõem uma refeição completa, equilibrada e saborosa. Um setto terá como base o gohan (arroz japonês), o misoshiru ou outro caldo e tsukemono. A isso acrescenta-se uma sugestão do dia, com opções variadas de carnes, peixes ou vegetarianas – de acordo com os ingredientes da estação, e completa-se o conjunto com pequenas porções de acompanhamentos.

Outras opções são os tradicionais udon (massa japonesa de trigo em grossos fios) e o soba (massa fina de trigo sarraceno japonês), servidos em caldo frio ou quente e com várias sugestões de complementos. Pratos de sushi e sashimi também terão seu lugar no cardápio, mas com a proposta do Aizomê de sempre privilegiar os peixes e frutos do mar de pesca responsável e sustentável. Um destaque nesse capítulo será o chirashizushi – tigela de arroz temperado para sushi coberto pela seleção do dia de pescados e seus acompanhamentos.

O restaurante também oferecerá opções do versátil donburi – uma tigela com arroz coberto por preparações saborosas como frango teriyaki ou gyudon de wagyu, além de sugestões vegetarianas.  “Todo o cardápio foi elaborado com muita atenção aos detalhes e equilíbrio de sabores e texturas. Tudo muito fresco, variado e colorido”, diz a chef.

Outro capítulo que merecerá atenção especial será o das sobremesas. A casa mãe  sempre primou por uma caprichada carta de doces e sorvetes dentro do conceito de yogashi – a versão japonesa de preparações da confeitaria ocidental executadas com mais leveza e frescor, mescladas a sabores e ingredientes tipicamente japoneses – e na nova casa não poderia ser diferente.

Além de uma carta variada de bebidas, o restaurante irá servir chá japonês e água – com e sem gás – à vontade por um valor fixo, sem o uso de garrafinhas plásticas. A preocupação por um futuro mais sustentável está na adoção de novos modelos de trabalho e de serviço. Mottainai – expressão em japonês que transmite a sensação de pesar em relação ao desperdício; omotenashi – a arte da hospitalidade japonesa; e ofukuro no aji – sabor de comida de mãe ou gostinho caseiro, são termos que a chef menciona ao explicar os conceitos da nova casa.

Outra curadoria importante – essa em parceria com os principais ceramistas nipo-brasileiros, é a composição do  enxoval de utilitários do restaurante, em harmonia com a marca da chef de dispor  suas receitas em peças assinadas por renomados artistas e artesões, na melhor expressão do conceito japonês de moritsuke – a habilidade em apresentar o alimento de forma tão atraente quanto seu sabor.

Todos os elementos e aspectos mais importantes da cultura alimentar e especialidades japonesas serão apresentadas em pratos ou cardápios temáticos, sazonais ou comemorativos, em consonância com as exposições da Japan House São Paulo e das manifestações gastronômicas festivas do Japão.

O Aizomê na JAPAN HOUSE São Paulo, funcionará durante o almoço, das 12h às 15h e também durante o período da tarde, das 15h às 18h, quando serão servidos chás, café, doces e alguns pratos rápidos.

Serviço:

AIZOMÊ na JAPAN HOUSE São Paulo

Endereço: Avenida Paulista, 52 – Bela Vista (2º andar)

Inauguração: 23 de abril de 2019

Soft opening: 16 de abril de 2019

Funcionamento: Terça-feira a domingo, almoço das 12h às 15h / Chá da tarde das 15h às 18h

Sobre TELMA SHIRAISHI

Responsável pelo restaurante AIZOMÊ, a chef quebrou o tabu de que mulheres não poderiam estar à frente das cozinhas japonesas, conquistando não só o respeito do paladar criterioso dos paulistanos, mas também de toda uma exigente comunidade japonesa. Atualmente, TELMA é também a responsável pela cozinha do Consulado Geral do Japão, onde assina os cardápios e executa os banquetes e recepções para dignatários japoneses, brasileiros e estrangeiros.

A chef proprietária do AIZOMÊ – que em 2018 foi eleito, pela segunda vez, o melhor restaurante japonês pelo jornal Folha de S. Paulo, também foi escolhida, no mesmo ano, para ocupar o espaço da JAPAN HOUSE São Paulo com o projeto para difundir a cultura japonesa dos obentôs, em uma pop-up store de muito sucesso.

Em dezembro de 2018, TELMA SHIRAISHI recebeu do Consulado Geral do Japão em São Paulo o Diploma de Honra ao Mérito pela Difusão da Culinária Japonesa.

E em 25 de março último foi agraciada com o título de Embaixadora da Boa Vontade para Difusão da Culinária Japonesa pelo Governo Japonês através da MAFF – Ministry of Agriculture, Forestry and Fisheries.

Além de seu trabalho como chef de uma cozinha que é referência em sua especialidade, TELMA é muito requisitada para ministrar cursos, palestras e workshops sobre culinária japonesa, além de participar de grandes eventos e encontros gastronômicos.

O convite para ocupar o espaço de cultura japonesa com sua segunda casa é a continuação natural de seu trabalho dedicado a apresentar o melhor da gastronomia japonesa.

Sobre o AIZOMÊ

Localizado no Jardim Paulista em São Paulo, o AIZOMÊ tem um trabalho consistente baseado em fundamentais tradições japonesas.O discreto sobrado em rua sossegada, a poucas quadras da movimentada Avenida Paulista, oferece salas reservadas, espaço com tatames e um salão principal com o clássico balcão onde é possível observar o primoroso trabalho da equipe de sushimen.

No restaurante de ambiente tranquilo a ideia é desfrutar do conceito de omotenashi – o melhor da hospitalidade japonesa. O menu em etapas, com pratos equilibrados entre receitas quentes e frias, é fundamentado na busca da chef e proprietária TELMA SHIRAISHI pelos melhores ingredientes do campo e do mar e o cultivo de um círculo seleto de produtores, fornecedores e parceiros.

A partir de uma base de sabores e técnicas tradicionais da culinária japonesa a chef elabora uma variedade de preparações com toques autorais seguindo o sabor das estações, do clima e de suas inspirações.

Este ano a casa completou 12 anos com uma história marcada tanto por oferecer comida deliciosa quanto por sua proposta de apresentar a grande variedade e a profundidade dessa culinária tão admirada e fundamentada no melhor de uma cultura milenar.

Sobre a JAPAN HOUSE São Paulo

JAPAN HOUSE São Paulo é uma instituição dedicada a mostrar o melhor do Japão do século 21. Inaugurada em maio de 2017, foi a primeira a abrir as portas no mundo, seguida por Los Angeles (agosto/2018) e Londres (junho/2018). Desde sua abertura, o público brasileiro vem sendo convidado a ter uma experiência única dos modos de viver do Japão contemporâneo. A JHSP promove, em seus três andares, exposições, seminários, workshops e atividades que trazem ao Brasil os mais relevantes criadores e empreendedores japoneses da atualidade nas artes, no design, na moda, na gastronomia, na ciência e na tecnologia. A instituição já recebeu mais de um milhão de visitantes.

About Dina Barile

Recebi o título de Doutora em Viajologia, depois de viajar por 134 países e pisar em todos os continentes. Sou a primeira e única mulher brasileira a ter estado na ESTRATOSFERA. Experimentei a Culinária de todos os países por onde passei. Expert nos temas Turismo, Gastronomia e Beleza, convido todos os leitores para um Passeio Turístico e Gastronômico por todos os Continentes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*