Osteria Generale oferece sabor e tradição com muito orgulho

Em seus dois endereços, nos Jardins e na Bela Vista, a cantina preserva o melhor da tradicional cozinha das cantinas paulistanas.

Aberta 365 dias ao ano, a Osteria Generale é uma referência de cantina italiana de bom atendimento, tradição e qualidade em São Paulo, que tem como ponto de partida a fabricação artesanal de suas massas e molhos. Em seus dois endereços, rua Pamplona, 957, tel: 11-3285-3574, no Jardim Paulista, e rua Dr. Fausto Ferraz, 163, tel: 11-3253-5572, na Bela Vista, recebe diariamente no almoço e no jantar centenas de clientes, entre turistas, executivos que trabalham nas regiões e paulistanos em geral.

Nas duas casas, o cardápio é o mesmo, mas as decorações são diferentes, embora ambas priorizem o estilo tradicional e acolhedor das cantinas paulistanas. Na casa da Pamplona, inaugurada em 1980, com 180 lugares, há camisetas de times de futebol penduradas no salão principal e bandeiras de países no segundo salão e cobre-manchas brancos de mesas. Já na unidade da rua Dr. Fausto Ferraz, inaugurada em 2007, com 280 lugares, no teto do salão mais amplo e da “área reservada”, há bandeiras de diversos países e os cobre-manchas são quadriculados, nas cores vermelha e branca e verde e branca.

“Nossa proposta é manter o espaço para a tradicional cozinha italiana, que é tão presente e importante na nossa cidade e tão procurada por paulistanos e turistas. Não queremos fazer releituras dos pratos, mas buscar que os pratos tradicionais sejam sempre feitos com fartura e qualidade, a começar pelas nossas massas e molhos que são artesanais”, conta Leonel Paim, sócio da casa, 57 anos, gaúcho nascido em Taquara e vive em São Paulo desde 1985.

“Na antiga Itália, os viajantes, especialmente comerciantes em suas longas viagens eram acolhidos em Osterias, onde recebiam fartos pratos e vinho para se recompor de suas jornadas. Por isso, em nossa casa mantemos a tradição de servir com qualidade e fartura”, diz.

Paim conta que apesar de ser uma espécie de “lutador pela manutenção e sobrevivência das cantinas tradicionais da cidade” isso não significa que está desatento aos movimentos do mercado e às transformações nas expectativas dos clientes. Um bom exemplo foi a recente redução da quantidade de pratos da casa. Cerca de 20% dos pratos de massas, carnes, frangos e peixes foram retirados do cardápio, “que ficou mais enxuto mas ainda com muitas opções”, afirma.

 Outro movimento foi a valorização da carta de vinho e de benefícios para os clientes. “Incrementamos a carta de vinhos, que tem opções de oito países e trazem indicações de harmonizações com os pratos. Além disso, às segundas não cobramos rolha dos vinhos nacionais e às quartas não cobramos rolha de nenhum vinho”, conta.

Entre os pratos mais pedidos pelos clientes, destaque para o Filé à Parmegiana (empanado, molho ao sugo, gratinado com mussarela, com acompanhamento de arroz e fritas – R$ 139,00), a Salada Especial com torradas de alho (alface, escarola, agrião, rúcula, erva doce, palmito, pimentão, berinjela, tomate, mozzarella de búfala e torradas de alho – pequena, para de duas a quatro pessoas, R$ 85,00; média, de cinco a sete pessoas, R$ 123,00 e grande, de oito a dez pessoas, por R$ 183,00), Agnolotti (massa verde recheada com mozzarela de búfala, nozes, castanha do Pará ao molho branco e passas, gratinado com parmesão – R$ 106,00), Spaghetti Frutos do Mar (molho ala napolitano, camarão, vôngole, lula e marisco – R$ 162,00),  Perna de Cabrito Traseira,  (assada com batatas coradas e brócolis – R$ 187,00); Filet de Abadejo Alla Crema (grelhado, gratinado no molho branco e espinafre, com arroz e fritas – R$ 137,00); Raviolone de Bacalhau (massa recheada com bacalhau ao molho branco com curry e limão gratinado com parmesão – R$ 113,50)  e o Filet à Martins de Cerqueira (recheado com presunto e mussarela, molho napolitano e molho quatro formaggi, manjericão e bacon, acompanha arroz e fritas – R$ 152,00). Também é muito pedido o Penne Integral Alla Verão (Al sugo por R$ 72,00 e Alla Primavera por R$ 93,90). Os pratos são para duas pessoas bem servidas, com exceção das saladas, que têm diversos “formatos”.

A Osteria Generale se orgulha de ser um dos poucos estabelecimentos das áreas nobres da cidade que não cobram estacionamento. “Nas duas casas, além de ter estacionamento gratuito, com manobrista, oferecemos wi-fi, acesso para portadores de mobilidade reduzida, ar-condicionado, delivery e serviço de transfer”, destaca Paim, que acrescenta: “dá para preservar a tradição e ser moderno também”.

*A grafia dos nomes dos pratos no release obedece ao que está no cardápio da casa.

             Números e curiosidades do sabor!

*Em São Paulo, de cada 100 restaurantes que abrem, 35 fecham em um ano, 50 em dois, 75 em cinco e 97 quebram em dez anos. Por isso casas como a Generale, que estão no mercado há quase 40 anos, são heróis da resistência e exemplos de competência;

*A Generale usa mensalmente 6.800 quilos de tomate, 2.400 ovos, 1.200 quilos de berinjela e produz 7.500 quilos de massa;

*A Generale não cobra dos clientes, o estacionamento com manobrista;

*Nas duas unidades, não há cobrança de rolha para vinhos nacionais às segundas-feiras e para vinhos de todos os países às quartas-feiras.

*A tradição das camisetas de futebol penduradas na Generale começou de um modo semelhante ao que ocorreu em outras cantinas casas italianas. Um cliente palmeirense trouxe uma camisa do seu time e pendurou-a no teto. Depois, apareceu um corintiano e fez o mesmo. Hoje, há clientes de vários países que visitam a Generale e ao voltar, anos depois, levam o “manto sagrado” de seus times. Atualmente na Pamplona há 114 camisetas de times de futebol, dos mais diversos estados e países. Há também 32 bandeiras nacionais. “Essas camisas e bandeiras nas casas também têm o mesmo significados das bandeiras que existiam na Itália nas grandes festividades, que significavam: ‘todos são bem-vindos”, diz Leonel Paim.

*Já a tradição das bandeiras começou de forma ou pouco menos espontânea. Durante a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, foram colocadas na unidade da rua Dr. Fausto Ferraz algumas bandeiras das seleções que participavam. Ao final da Copa, algumas pessoas de outros países sentiam a falta de suas bandeiras e começaram a trazê-las também, de presente para a casa. Hoje na Osteria da rua Dr. Fausto Ferraz há 96 bandeiras de países.

*Leonel Paim, o sócio da casa, estudou Contabilidade por dois anos e meio, mas decidiu interromper os estudos e mudar-se para São Paulo, para trabalhar na área da Gastronomia. Antes de se tornar proprietário da Generale, trabalhou como caixa no bar Paulicéia 22, na rua dos Pinheiros; e no Via Castelli, em Santa Cecília. Depois, foi gerente no bar Metrópolis, ao final da av. Paulista, pouco após a esquina com a av. Angélica, e do Constantinopla, na rua da Consolação, quase na esquina com a Oscar Freire. Mais tarde, entrou como sócio no restaurante Rigoletto, na av. Pedroso de Morais, em Pinheiros. Há 25 anos tornou-se sócio da Osteria Generale.

*Com exceção do Penne e do Spaghetti, todas as massas são produzidas artesanalmente na própria casa;

*Além de serem peças também decorativas, as camisetas e bandeiras ajudam na acústica das casas. “Quando tiramos a camisetas para lavar, sempre aumenta o ruído interno do restaurante. As camisetas ajudam a ‘quebrar’ o som, a tirar o eco”, conta o proprietário, Leonel Paim.

*A Osteria Generale tem uma van para transportar o cliente, especialmente turistas, de ida e volta para seus dois endereços. O serviço é gratuito e deve ser pedido com 24 horas de antecedência e por um grupo mínimo de 10 pessoas.

Osteria Generale Jardins (matriz) – Rua Pamplona, 957 – Jd. Paulista, São Paulo; Tel: 113285-3574 – Lugares: 180 (salão principal, 120 pessoas; segundo salão, 60 pessoas). Delivery: área de entrega, Jardins, Pinheiros, Vila Olímpia, Vila Nova Conceição, Ibirapuera, Itaim e Moema. 

Osteria Generale Bela Vista – Rua Dr. Fausto Ferraz, 163, Bela Vista, São Paulo, tel: 113253-5572. Lugares: 280 (Sala das Bandeiras, 100 pessoas; Área Reservada; 28 pessoas; Sala Perini, 28 pessoas; Sala Central, 54 pessoas; Salinha do Bar: 20 pessoas e Varanda, 50 pessoas); Delivery: área de entrega, Aclimação, Bela Vista, Cerqueira Cesar, Paraíso e Vila Mariana.

 Site: www.generale.com.br. De segundas às quintas das 11h30 às 16h e das 18h à meia-noite; às sextas-feiras, das 11h30 às 16h e das 18h a 1h; sábados das 11h30 a 1h; e aos domingos e feriados, das 11h30 à meia-noite.Água Mineral: R$ 4,90 (500ml); Café: R$ 4,90 (Gold Valle); CC: todos. Ticket: Alelo, VR, Ticket, Sodexo e BEM, no almoço e no jantar.  Couvert: R$ 12,90 (opcional), com pão italiano, manteiga, azeitonas pretas, berinjela e sardela). Os três pratos mais baratos: R$ 55,90, R$ 61,90 e R$ 77,50. Os três pratos mais caros: R$ 187,00, R$ 199,00 e R$ 205,50. Sobremesa mais barata: R$ 9,50. Sobremesa mais cara: R$ 17,50; Cerveja Grande: R$ 14,00 (Bohemia, Original, SerraMalte e Heineken); LongNeck: R$ 10,50 (Stella Artoir, Bohemia, Heineken, Xingu, Malzebier);  Dose de whisky 8 anos: R$ 20,90 – (Red Label e Johnnie Walker) e 12 anos: R$ 24,90 (Ballantines, Buchanan’s, Shivas Regal, e Black Label), Jack Daniel’s: R$ 22,90. Acesso para portadores de mobilidade reduzida: sim;  Banheiro para portadores de mobilidade reduzida: sim. Área externa para fumantes: não. Ar-Condicionado: sim. Delivery: sim,  Música ao vivo:  não;  Estac/ gratuito, com manobrista: sim. Horários de entrega do Delivery: de segunda a sexta-feira, das 11h30 às 15h e das 18h às 23h; aos sábados, domingos e feriados das 11h30 às 23h. Reservas: sim, para um máximo de 120 pessoas. Até 20 pessoas, a reserva pode ser feita no próprio dia, com um mínimo de três horas de antecedência. Para um número maior que 20 pessoas, a reserva precisa ser feita com um mínimo de 24 horas de antecedência. Aos domingos e feriados, a Osteria reserva mesas para pessoas que cheguem até as 12h30. A tolerância de espera é de 15 minutos.

About Dina Barile

Recebi o título de Doutora em Viajologia, depois de viajar por 134 países e pisar em todos os continentes. Sou a primeira e única mulher brasileira a ter estado na ESTRATOSFERA. Experimentei a Culinária de todos os países por onde passei. Expert nos temas Turismo, Gastronomia e Beleza, convido todos os leitores para um Passeio Turístico e Gastronômico por todos os Continentes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*