Revezamento dos condutores da Tocha Olímpica patrocinados pela Nissan, dia a dia

NissanO Revezamento da Tocha começou e durante 95 dias, vai percorrer 329 cidades, em todos os estados. Cerca de 12 mil pessoas irão participar, até a chegada da tocha ao Maracanã, no dia 5 de agosto, para o acendimento da pira olímpica na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016.


A Nissan do Brasil é patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. A parceria contempla o fornecimento de cerca de 4.000 veículos de diversos tipos que irão atender às necessidades dos Jogos e do Time Brasil. Além da parceria com o evento, a Nissan também patrocina o Revezamento das Tochas Olímpica e Paralímpica Rio 2016. A participação da Nissan nos Jogos Rio 2016 se dá, ainda, por meio do Time Nissan, programa de mentoria a 31 atletas e paratletas brasileiros que buscam classificação e destaque nos primeiros Jogos Olímpicos e Paralímpicos sediados no Brasil. São mentores do grupo Hortência Marcari, maior ídolo do basquetebol feminino brasileiro, e Clodoaldo Silva, dono de 13 medalhas em Jogos Paralímpicos.

Tacius Lima conduz a Tocha Olímpica em Foz do Iguaçu (PR) / Crédito: Divulgação/Nissan

Jul. 1, 2016

Pioneiro dos esportes radicais na Tríplice Fronteira acende a Pira Olímpica Rio 2016 em Foz do Iguaçu

A pira olímpica em Foz do Iguaçu foi acessa na noite de quinta-feira por um aventureiro pra lá de atrevido: o convidado da Nissan Tacius Lima. Fundador da ONG Adere (Associação de Desenvolvimento de Esportes Radicais e Ecologia), que procura difundir esportes de aventura e projetos ambientais na tríplice fronteira – Brasil, Argentina e Paraguai -, o empreendedor rural acredita que sua história em defesa do meio ambiente e de esportes radicais o credenciou para um momento tão especial como acender a pira em sua terra natal.

Claudiomar Vieira conduz a Tocha Olímpica em Cascavel, PR / Crédito: Divulgação/Nissan

Jun. 30, 2016

 Professor de taekwondo para crianças carentes conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 em Cascavel

Claudiomar Vieira trocou a vida de atleta pela de treinador de taekwondo e não se arrepende da escolha. O professor de educação física foi um dos condutores convidados da Nissan para carregar a Tocha Olímpica Rio 2016 em Cascavel, Paraná, na quarta-feira. Claudiomar se manteve calmo até começar seus 200 metros, mas foi só avistar a chama olímpica e iniciar seu percurso para que a emoção tomasse conta do técnico.

Gustavo Rocha conduz a Tocha Olímpica em Maringá, PR

Jun. 29, 2016

Criador de fiação artesanal que produz as melhores sedas do mundo conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 em Maringá, PR

A melhor seda do mundo vem do Paraná e um dos responsáveis por essa marca registrada é Gustavo Rocha, criador da fiação artesanal Casulo Feliz. Zootecnista, há 30 anos, ele desafiou o mercado e se atreveu a usar como matéria-prima os casulos defeituosos, rejeitados pela indústria, que se tornaram objeto de desejo das principais marcas da moda brasileira. Foi essa história que ele contou para mundo, a convite da Nissan, durante o revezamento da Tocha Olímpica Rio-2016 em Maringá, no oeste do Paraná, nesta quarta-feira.

Enzo Anzai conduz a Tocha Olímpica em Presidente Prudente, SP

Jun. 28, 2016

Jovem atleta de badminton conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 em Presidente Prudente, SP

Enzo Anzai iniciou o revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 pelas ruas de sua terra natal, Presidente Prudente, nesta segunda-feira. O jovem atleta de badminton não se continha em emoção ao receber a chama olímpica em frente ao cristo redentor na entrada da cidade. Em êxtase, Enzo agradeceu a oportunidade e o convite da Nissan por fazer parte desse momento único em sua vida.

Claudinei Quirino conduz a Tocha Olímpica em Presidente Prudente, SP / Crédito: Divulgação/Nissan

Jun. 28, 2016

Claudinei Quirino, medalhista olímpico, se emociona ao conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016 em Presidente Prudente, SP

“Sabe que um homem desse tamanho não chora, né? Mas olha só como eu estou. Não sei se rio ou se choro. Passa muita coisa na cabeça”. Mantendo o bom humor de sempre, com a voz rouca e pra lá de embargada, Claudinei Quirino mal conseguia falar após a condução da Tocha Olímpica Rio-2016, nesta segunda. Logo ele que sabe bem o que é um revezamento, medalhista de prata na modalidade 4x100m em Sidney-2000, não conteve a emoção ao ouvir seu nome gritado por crianças e fãs que o acompanharam pelas ruas de Presidente Prudente, no estado de São Paulo.

Bruno Veron conduz a Tocha Olímpica em Dourados, MS

Jun. 28, 2016

Índio Guarani- Kaiwoá, que relata problemas na comunidade indígena por meio do Rap, conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 em Dourados, MS

Ele chegou tímido, mas bastou soltar as primeiras rimas para mostrar que tem muita coisa a dizer. Bruno Veron é índio Guarani-Kaiwoá e escolheu contar para o mundo os problemas de sua comunidade através de uma cultura até então desconhecida entre os indígenas: o rap. Em 2009, criou com mais três amigos o grupo Bro Mc’s e foi essa história de atrevimento que o colocou, a convite da Nissan, como protagonista do revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 em Dourados, Mato Grosso do Sul, neste domingo.

Jefferson Soares Modena conduz a Tocha Olímpica em Manaus

Jun. 19, 2016

Mobilidade inteligente e atrevida com Jefferson Modena e sua Drift Trike pelas ruas de Manaus no Revezamento da Tocha Olímpica

Um atrevido triciclo a pedal, produzido em Manaus por um estudante de automação industrial, roubou a cena no revezamento hoje nas ruas de Manaus. Jefferson Soares Modena conduziu a tocha Olímpica em sua Drift Trike, um veículo de três rodas que tem como principal característica permitir se fazer curvas em alta velocidade deslizando de lado, exatamente o grande momento das corridas deste esporte radical criado na Nova Zelândia em meados de 2008.

Aida Mendes conduz a Tocha Olímpica em Macapá / Crédito: Divulgação/Nissan

Jun. 17, 2016

Atrevida aos 106 anos de idade, Vovó Iaiá é a pessoa mais velha a conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016

Macapá conheceu a condutora da Tocha Olímpica mais velha da história. Convidada da Nissan, dona Aida Mendes, de 106 anos (em novembro 107), conduziu a Tocha Rio 2016 no Marco Zero da cidade, por onde passa a Linha do Equador, que divide o hemisfério Norte do Sul e acendeu a pira no palco montado no local. “Posso dizer que sou atrevida, sim”, disse dona Aida, que aos 100 anos saltou pela primeira vez de paraquedas. Ela já repetiu o feito por mais cinco vezes ao lado do neto Vavá, seu grande incentivador.

Novo crossover global Nissan Kicks terá pré-venda a partir desta sexta

Jun. 16, 2016

Novo crossover global Nissan Kicks terá pré-venda a partir desta sexta

A Nissan inicia a pré-venda do novo crossover global da marca, o Nissan Kicks, a partir de amanhã, sexta, 17 de junho. O modelo, que chega às revendas da marca em todo o país no dia 5 de agosto, pode ser reservado online. As primeiras mil unidades disponíveis serão da série especial limitada “Rio 2016”.

Romeu pede Samya em casamento durante Revezamento/ Crédito: Divulgação/Nissan

Jun. 12, 2016

O amor tomou conta do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 em São Luís

O amor tomou conta do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 neste domingo, Dia dos Namorados, em São Luís. O revezamento foi palco de uma grande história de amor de Romeu Matos, condutor convidado pela Nissan, e Samya Caetano. O atrevido Romeu pediu sua companheira em casamento ao receber a chama olímpica dela.

Kicks pelas ruas de Teresina

Jun. 11, 2016

Pesquisador e criador de projeto social de robótica e tecnologia assistiva em Teresina conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 na capital piauiense

Flávio Alves dos Santos nasceu em São Paulo, mas sua terra de coração é Teresina, cidade que mora desde os 5 anos, e na qual foi convidado pela Nissan para conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016. A capital do Piauí foi o lugar que o inspirou a criar um projeto social que ensina robótica para crianças. Atrevido e perspicaz, Flávio, viu sua iniciativa mudar o conceito sobre essa ciência nos jovens.

Raimundo Nonato conduz a Tocha Olímpica em Parnaíba (PI)/ Crédito: Nissan/Divulgação

Jun. 10, 2016

Cego desde os dez anos de idade, serralheiro que construiu bicicleta com dois lugares conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 em Parnaíba, no Piauí

Cego desde os 10 anos de idade, quando perdeu a visão em decorrência de um glaucoma, o serralheiro Raimundo Nonato Galeno nem assim desistiu de praticar esportes. Muito atrevido, ele construiu uma bicicleta de dois lugares que permitia que pedalasse com um guia. Essa ousadia levou a Nissan a convidá-lo para ser um dos condutores da Tocha Olímpica Rio 2016 na cidade de Parnaíba, a segunda maior do Piauí.

Rafael Souza conduz a Tocha Olímpica em Itapagé (CE) / Crédito: Divulgação/Nissan

Jun. 8, 2016

Criador de equipe de rugby no Piauí conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 em Itapagé

Quem poderia imaginar um time de rugby numa pequena cidade do Piauí? Rafael Souza sonhou com isso e transformou sua ideia em realidade. Em um período de apenas três anos, ele conseguiu introduzir o esporte na pequena Parnaíba, criou um time e chegou ao vice-campeonato do Nordeste Super Rugby XV, a mais importante competição da região. Por seu atrevimento, ele foi convidado pela Nissan para conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016 em Itapagé, no interior do Ceará.

Aline e Erick conduzem a Tocha Olímpica em Mossoró (RN) / Crédito: Divulgação/Nissan

Jun. 7, 2016

Pioneiros de projeto social que leva surfe e bodyboard a comunidades carentes conduzem a Tocha Olímpica Rio 2016 em Mossoró

A “Terra do Sol, do Sal e do Petróleo” estava sob chuva para receber o fogo sagrado da Tocha Olímpica Rio 2016. Pelas mãos dos atrevidos Aline Melo e Erick Lopes, a chama cruzou a cidade de Mossoró em festa. A dupla veio da periferia de Natal, onde participa do projeto social Motivar, que usa o surfe e o bodyboard para mudar a vida de jovens de áreas carentes.

 Florêncio Neto conduz a Tocha Olímpica em Assu (RN )/ Crédito: Divulgação/Nissan

Jun. 6, 2016

‘Senador do Forró’, Florêncio Neto comanda o revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 na cidade de Assu, no Rio Grande do Norte

Foi pelas mãos de um ilustre morador que a Tocha Olímpica Rio 2016 chegou a Assu, no interior do Rio Grande do Norte: Florêncio Neto, mais conhecido como o ‘Senador do Forró’. Morador de Assu há 11 anos, ele se diz um apaixonado pelo município e pelo ritmo musical nordestino. Tanto que criou um blog chamado “Ministério do Forró”, onde divulga bandas, cantores e as principais festas do Brasil.

Débora Seabra conduz a Tocha Olímpica em Natal / Crédito: Divulgação/Nissan

Jun. 6, 2016

Professora com síndrome de Down emociona ao conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016 pelas ruas de Natal

Atrevimento e coragem são as marcas da condutora convidada pela Nissan para carregar a Tocha Olímpica Rio 2016 pelas ruas de Natal: Débora Seabra, a primeira professora com síndrome de Down no país. Pioneira, ela é autora do livro infantil “Fábulas Inclusivas”, que tem texto de apresentação de João Ubaldo Ribeiro, além de trabalhar como atriz amadora – é formada em teatro.

Clodoaldo Silva acende a pira olímpica em Natal/ Crédito: Divulgação/Nissan

Jun. 5, 2016

Tocha Olímpica Rio 2016 emociona Natal com Clodoaldo Silva

Exemplo de atrevimento e superação, Clodoaldo Silva foi a grande atração do revezamento da Tocha Olímpica na noite deste sábado em Natal. O Tubarão Paralímpico, como é conhecido, e mentor do Time Nissan, aproveitou a oportunidade de conduzir a tocha em sua casa para prestar sua homenagem ao grande homem e esportista que foi Muhammad Ali, boxeador que morreu na noite de sexta-feira nos Estados Unidos.

Niedja Carla conduz a Tocha Olímpica em Itabaiana (PB) / Crédito: Divulgação/Nissan

Jun. 2, 2016

Paraibana que desafiou o preconceito para jogar em time de futebol conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 em Itabaiana

Na cidade onde nasceu, no interior da Paraíba, a pequena Niedja Carla ouvia que jogar futebol era coisa para meninos. Apaixonada pelo esporte desde os 4 anos de idade, ela não desistiu de seu sonho. Atrevida, desafiou o preconceito no pequeno município de Monteiro e tornou-se jogadora profissional. Nesta quinta-feira, dia 2, ela viu todo o seu amor pelo jogo ser compensado ao conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016 pelas ruas da cidade paraibana de Itabaiana.

Jun. 1, 2016

Músico Felipe França, criador da banda Xote dos Milagres, mostra atrevimento ao conduzir a Tocha Olímpica na Praia da Boa Viagem

Nos olhos do pequeno Téo todo o encanto da chama olímpica conduzida pelo pai, o atrevido Felipe França, que veio de Fernando de Noronha até o Recife para dar testemunho do seu belo trabalho à frente de crianças especiais na ilha. “Fui para lá de férias em 2011 e nunca mais voltei”, contou o músico, que foi convidado pela Nissan para ser um dos condutores da Tocha Olímpica Rio 2016.

Revezamento da Tocha em Caruaru (PE)

May. 31, 2016

Tocha Olímpica Rio 2016 desfila em Caruaru nas mãos de artistas populares e esquenta a fogueira na noite de São João

A Tocha Olímpica Rio 2016 acendeu a fogueira de São João, em Caruaru. A alegre cidade pernambucana recebeu o comboio da chama com muita animação. E na terra onde Luiz Gonzaga é rei, quem brilhou foram dois outros artistas e agitadores culturais: a artesã e poetisa Regilda Pereira Simões da Silva, de 86 anos, e o idealizador do Festival de Teatro do Agreste, Fábio Pascoal.

Tocha Olímpica Rio 2016 chega a Maceió

May. 30, 2016

Em Maceió, Tocha Olímpica Rio 2016 é conduzida por criadores de aplicativo que facilita a comunicação com deficientes auditivos

Uma iniciativa que afetou positivamente a vida de 3,5 milhões de pessoas em todo o Brasil deu aos amigos José Thadeu, Carlos Wanderlan e Ronaldo Freitas o direito de conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016 pelas ruas de Maceió. Atrevidos, eles criaram o aplicativo Hand Talk e o personagem digital Hugo, que facilitam a comunicação com deficientes auditivos.

Byron Virgílio dos Santos Silva conduz a tocha pelas ruas de Aracaju/ Crédito: Divulgação/Nissan

May. 29, 2016

Atrevimento e superação marcam a vida de Byron Virgílio dos Santos Silva que conduz a Tocha Olímpica em Aracaju

A Tocha Olímpica, o Nissan Kicks, carro oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e a equipe animada da montadora de automóveis no Revezamento chegaram em Aracaju. E um dos representantes para conduzir a chama pela Nissan na capital sergipana foi Byron Virgílio dos Santos Silva. A história do criador do projeto “Estrelas do Mar” que realiza atividades na praia com crianças e jovens com deficiência é marcada por lutas e conquistas.

 Timóteo Domingos conduz a tocha pelas ruas de Canindé de São Francisco/ Crédito: Divulgação/Nissan

May. 28, 2016

A gastronomia do sertão sergipano foi representada por Timóteo Domingos que conduz a Tocha Olímpica em Canindé de São Francisco

Com uma grande história de atrevimento, Timóteo Domingos conduziu a Tocha Olímpica na cidade de Canindé de São Francisco. Aos 07 anos o “chef do sertão”, como é conhecido, via sua avó, dona Rosa, fazendo pratos tradicionais da região. Apaixonou-se pela gastronomia e começou a inventar receitas, como a cocada de cactos. Ele vendia as guloseimas na escola e com o dinheiro que recebia ajudava nas despesas de casa.

Cesare Decarli conduz a tocha pelas ruas de Paulo Afonso/ Crédito: Divulgação/Nissan

May. 28, 2016

Italiano Cesare Decarli conduz a Tocha Rio 2016 e acende a pira olímpica em Paulo Afonso, cidade que escolheu para viver com seu grande amor

A tocha olímpica chegou ao município baiano de Paulo Afonso nesta sexta-feira. Para marcar sua passagem pela cidade, um dos trechos do revezamento foi a bordo do Carranca Boat. O “Carranca” é um barco remo conduzido por 22 pessoas, inspirado no esporte chinês chamado “Dragon Boat”. A adaptação do estilo do barco foi feita por uma questão cultural, como explica o italiano Cesare Decarli que trouxe a modalidade para o Brasil.

Lucas Cabral conduz a tocha em Petrolina (PE) / Crédito: Divulgação/Nissan

May. 27, 2016

Em Petrolina, Tocha Olímpica Rio 2016 é conduzida por jovem que se atreveu a domesticar aves selvagens

O Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 e o Nissan Kicks, carro oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, chegaram à cidade de Petrolina, em Pernambuco. A celebração nas ruas ficou por conta do comboio da tocha. E, para conduzir a chama no município, a Nissan chamou o adestrador de falcões Lucas Nunes Cabral. Aos 11 anos de idade, ele aprendeu com o pai a cuidar das aves machucadas. E não parou mais de salvar os falcões que estavam com algum problema. Para Lucas, conduzir a tocha é uma realização pessoal.

Jean Kerll acende a pira olímpica em Senhor do Bonfim

May. 26, 2016

Jean Kerll leva história de atrevimento no esporte ao conduzir a Tocha Olímpica em Senhor do Bonfim

A cidade baiana de Senhor do Bonfim esperou com festa a passagem da Tocha Olímpica 2016. O condutor, convidado da Nissan, Jean Kerll de Moraes é um cidadão muito querido pela população do município e tem uma história de atrevimento no esporte. Ele começou a fazer um trabalho com a seleção de handebol da cidade. Com muito esforço, conseguiu ganhar muitos campeonatos e levou o nome da cidade ao cenário nacional, quando conquistou com a equipe a Liga Nordeste de handebol. “Para mim é a coroação do trabalho que a gente está fazendo no handebol da região. Levar a tocha é uma emoção que não sei explicar. É como estar participando das Olimpíadas”.

Jânio Bispo conduz a tocha pelas ruas de Riachão do Jacuípe (BA) / Crédito: Divulgação/Nissan

May. 25, 2016

Ex-jogador profissional Jânio Bispo conduz a Tocha Rio 2016 e emociona sua cidade natal, Riachão do Jacuípe, na Bahia

Riachão do Jacuípe, no interior da Bahia, se coloriu de verde e amarelo para aguardar a passagem da Tocha Olímpica Rio 2016. Nas ruas, o que se via era muita animação e expectativa nos sorrisos das pessoas de todas as idades que ocuparam as ruas do município. Entre os condutores, Jânio Bispo, convidado pela Nissan, não conseguia esconder o nervosismo e a ansiedade: “Tô um pouquinho ansioso e, ao mesmo tempo, feliz por ter sido escolhido pela Nissan. Não só eu, mas todos os meus familiares. O pessoal todo aqui da cidade está recebendo esse evento de braços abertos, com uma alegria imensa”.

Muita festa para receber a Tocha Olímpica em Salvador / Crédito: Divulgação/Nissan

May. 24, 2016

Ao som dos tambores do Olodum, Tocha Olímpica Rio 2016 chega a Salvador com grande festa nas ruas da capital baiana

A Tocha Olímpica Rio 2016 chegou a Salvador. E a cidade se preparou com festa para receber o símbolo da Olimpíada. Nas ruas da capital da Bahia, só alegria. E nas ladeiras do Pelourinho, o grupo Olodum encantou os visitantes. Quem também estava lá era o cantor e compositor Xande de Pilares, sucesso em todo o país, e exemplo de pessoa atrevida que faz sucesso com a música. Convidado pela Nissan para ter a honra de conduzir a tocha em Salvador, ele estava muito entusiasmado.

O grupo Patubatê anima o comboio da Tocha Olímpica Rio 2016 / Crédito: Divulgação/Nissan

May. 23, 2016

Adagoberto e Adenilson rodam o Brasil inteiro levando a mensagem de paz da Tocha Olímpica Rio 2016 nos carros e caminhões da Nissan

Às seis da manhã eles já estavam com as mãos no volante. Cedo para alguns, mas para eles disposição e animação não faltam por causa do horário. Em vez de levar produtos, cargas ou caixas, o desafio dessa viagem é outro. O paulista Adagoberto do Nascimento Filho e o mineiro Adenilson Alves são os responsáveis por levar caminhão especial da Nissan com o grupo Patubatê pelas mais de 300 cidades brasileiras durante o revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016. Um trabalho cansativo, mas muito recompensador, basta ver o entusiasmo dos dois ao chegar em cada parada. “Chego a ficar arrepiado. Somos apaixonados por dirigir. Imagina receber uma oportunidade como essa da Nissan para poder rodar o Brasil inteiro com um símbolo tão legal? É um desafio enorme e estou muito orgulhoso”, contou Adagoberto.

Itamar Oliveira conduz a Tocha em Itacaré

May. 22, 2016

Mais uma história de atrevimento marca o Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016

A linda Itacaré, no sul da Bahia, foi a primeira cidade a receber o Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016, neste domingo. Quarto condutor da Chama, o professor universitário Itamar Cardoso Oliveira não conteve a emoção ao falar de sua trajetória de vida e das dificuldades que passou, e de quanto foi atrevido ao escrever sua história para a Nissan. Embora jovem, 33 anos, Oliveira espera que sua história sirva de inspiração para que outras pessoas enfrentem seus obstáculos.

Marly Brito conduz a Tocha em Ilhéus

May. 22, 2016

Cacau e atrevimento no Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 em Ilhéus

Energia, alegria e atrevimento pontuam a vida de Marly Brito. Para a microempresária de Itacaré que conduziu a Tocha Olímpica Rio 2016, na noite de sábado, em Ilhéus, nem o céu é o limite. Filha de agricultores do cacau, foi ser doméstica no Rio de Janeiro e São Paulo, mas não ficou muito tempo e voltou a sua terra onde trabalhou como camelô na feira de taboquinhas. Em 2002 começou a fazer cocadas de cacau e seus doces começaram a fazer sucesso entre empresários e celebridades. Hoje, Marly, é uma vencedora que possui três lojas da Café Cacau.

 Allan de Kard conduz a Tocha em Vitória da Conquista

May. 21, 2016

Muita arte no Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 em Vitória da Conquista

As artes plásticas foram representadas no Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 na noite de sexta-feira pelo escultor e pintor Allan de Kard, em Vitória da Conquista. Nascido em Itapetinga, mas cidadão conquistense, Allan Kardec Cardoso Lessa acendeu a pira olímpica na cidade que o acolheu. Basta andar pelas ruas da cidade para se deparar com uma de suas 17 grandes esculturas, fato que lhe rendeu a medalha de Mérito Cultural Glauber Rocha em 2015.

Luena Maria conduz a Tocha em Santa Cruz Cabrália

May. 20, 2016

Índia da tribo Pataxó presta homenagem a todos os povos indígenas ao conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016 em Santa Cruz Cabrália

O brilho no olhar de Luena Maria era o mesmo da tinta que ainda estava fresca em seu rosto, e que junto ao seu imenso cocar Pataxó chamava a atenção de todos que passavam pelas ruas de Santa Cruz Cabrália. Pescadora e índia, foi ela quem conduziu a convite da Nissan a Tocha Olímpica Rio 2016 pela cidade que foi cenário do desembarque da expedição de Pedro Álvares Cabral no descobrimento do Brasil e é terra de uma das tribos indígenas mais reconhecidas do país: os Pataxós.

O Kicks é o carro oficial do revezamento da Tocha / Crédito: Divulgação/Nissan

May. 18, 2016

Artista plástica Yvana Belchior se inspira na Tocha Olímpica Rio 2016 ao conduzir o fogo sagrado pelas ruas de Vitória

Suando frio, nervosa, mas com muito orgulho de estar ali e poder conectar a arte ao movimento olímpico. Coisas que a artista plástica Yvana Belchior nem sabia que poderia fazer ou sentir.

Mariana e Douglas acendem a tocha em Vitória (ES) / Crédito: Divulgação/Nissan

May. 17, 2016

Guerreira na luta contra o autismo se emociona ao conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016 ao lado do filho, em Vitória

Foi com lágrimas nos olhos que Mariana Magalhães Klein conduziu a Tocha Olímpica Rio 2016 em Vitória, na tarde de terça-feira. Mãe do pequeno Douglas, hoje com 6 anos, que aos 3 anos foi diagnosticado com autismo e há um ano está fora do espectro da doença, a funcionária pública conseguiu que seu filho segurasse a Tocha com a Chama Olímpica, antes de começar os 200 metros. Muito emocionada Mariana agradeceu a surpresa da Nissan.

Maria Laurinda conduz a tocha pelas ruas de Cachoeiro de Itapemirim (ES)/ Crédito: Divulgação/Nissan

May. 17, 2016

Bisneta de escravos e líder comunitária, Maria Laurinda leva seu atrevimento para o comboio da Tocha Olímpica, em Cachoeiro de Itapemirim

Uma mulher guerreira e atrevida, que simboliza a força do povo e da cultura negra: essa é a Mestra de Caxambu, parteira, coveira, mãe de santo, líder comunitária e missionária Maria Laurinda Adão, 73 anos. Quilombola, ela luta para que as raízes e tradições do povo afro-brasileiro permaneçam sempre vivas e que a memória de seu bisavô, Escravo Adão, fundador da comunidade Monte Alegre, em Cachoeiro de Itapemirim, seja preservado.

Marcelo Barreto conduz a tocha pelas ruas de Bicas (MG) / Crédito: Divulgação/Nissan

May. 16, 2016

Jornalista esportivo Marcelo Barreto se emociona ao conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016 pelas ruas de Bicas, sua cidade natal

Foram muitos abraços, pedidos de foto e coros pelo nome de Marcelo Barreto em Bicas, nesta segunda-feira. Ao lado de toda a família e visivelmente emocionado, o apresentador do canal esportivo Sportv conduziu a Tocha Olímpica Rio 2016 na cidade onde nasceu a convite da Nissan. “Eu preciso respirar bastante para explicar essa emoção. A minha família veio, passei por escolas onde estudei, a casa onde morei. É minha cidade. Tudo é muito marcante. Não tenho nem como agradecer. Poder juntar a minha paixão ­- o esporte é o que eu amo, do que eu vivo – e essa oportunidade de trazer a chama olímpica para o meu lugar, onde tudo começou, não tem explicação. É demais!”.

Cris Guerra conduz a tocha pelas ruas de Ouro Preto (MG )/ Crédito: Divulgação/Nissan

May. 13, 2016

Blogueira que refez a vida após tragédia conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 pelas ladeiras da cidade histórica de Ouro Preto

Atrevimento. A palavra que define a Nissan, também serve para a vida pessoal e profissional de Cris Guerra. A blogueira e escritora mineira ficou viúva em 2007, grávida de sete meses, mas fez da tristeza um impulso, criando o blog de moda “Hoje vou assim”, o primeiro blog de looks diário do Brasil. Nove anos depois, ela pôde ver sua história representada no estado onde nasceu, ao conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016 pelas ladeiras históricas de Ouro Preto, nesta sexta-feira.

Lívia Barcelos conduz a tocha pelas ruas de Itabira (MG)

May. 13, 2016

Itabira testemunha a emoção de ex-árbitra por conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016 após quase perder os movimentos das pernas

Três anos após ser praticamente desenganada com relação às suas chances de voltar a andar, a ex-árbitra de handebol Lívia Barcelos atreveu-se a caminhar altiva e orgulhosa pelas ruas de Itabira, conduzindo a Tocha Olímpica Rio 2016. Em 2013, ela foi atropelada por uma motorista embriagada, descobriu que teria só 10% de chances de andar novamente e teve que largar a profissão que mais amava.

Mestre Santana conduz a tocha pelas ruas de Coronel Fabriciano (MG)/ Crédito: Divulgação/Nissan

May. 12, 2016

Mestre dos Marujos de Cocais conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 ao som de músicas folclóricas na cidade de Coronel Fabriciano

A brasilidade e o atrevimento do mestre do grupo de Marujos dos Cocais, José Santana de Farias, o Mestre Santana, de 68 anos, deram a ele a honra de participar do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016, em Coronel Fabriciano. Convidado pela Nissan para fazer parte do seu time de condutores, Mestre Santana foi recebido ao som das sanfonas, caixas, pandeiros e violões e de uma linda apresentação da dança do congado, feita por integrantes do seu grupo. Emocionado com a homenagem, ele conduziu a Chama Olímpica com lágrimas nos olhos.

Líliam Souza conduz a tocha pelas ruas de Governador Valadares (MG)

May. 12, 2016

Símbolo de união e de paz entre os povos, Tocha Olímpica Rio 2016 percorre as ruas de Governador Valadares nas mãos de advogada

É a chama da paz. Essa é a definição que a advogada Líliam Souza Viana Cavalcanti deu à Tocha Olímpica Rio 2016. Baiana de nascimento, ela mora há um ano e meio em Governador Valadares, em Minas Gerais, onde participou do Revezamento, na noite de quarta-feira.

Marianne Costa e Mariana Madureira conduzem a tocha em Diamantina (MG)

May. 11, 2016

Tocha Olímpica Rio 2016 chega à cidade histórica de Diamantina pelas mãos de empresárias incentivadoras do turismo sustentável

Mariana Madureira e Marianne Costa. Duas amigas que resolveram se atrever a construir um novo tipo de turismo no Vale do Jequitinhonha e que protagonizaram mais um importante marco para a região: levaram a Tocha Olímpica Rio 2016 pelas ruas de Diamantina. “Muita honra de ser brasileira, de receber esse convite da Nissan e de tudo o que a gente fez. Essa festa foi incrível”, descreveu Marianne, emocionada com a orquestra que a recebeu na cidade mineira.

Alfredo Moser, convidado da Nissan, conduz a tocha em sua cidade: Uberaba (MG). Crédito: Rafael Guimarães/ Divulgação Nissan

May. 8, 2016

A lâmpada de Alfredo Moser ilumina os caminhos da Tocha Olímpica Rio 2016 e do Kicks

As dificuldades da vida ou a pouca escolaridade nunca foram empecilhos para o mecânico e hoje reconhecido mundialmente inventor da lâmpada que carrega seu sobrenome, Alfredo Moser. Atrevido, ele viu sua invenção chegar a mais de 15 países e hoje teve seu reconhecimento ao conduzir, convidado pela Nissan, a tocha olímpica Rio 2016 em Uberaba.

Jane Karla conduz a tocha pelas ruas de Goiânia

May. 6, 2016

Atleta do Time Nissan, Jane Karla emociona Goiânia conduzindo a tocha dos Jogos Olímpicos Rio 2016

“Obrigada, Jane!”. Cada goiano que esteve perto de Jane Karla, atleta do Time Nissan, que conduziu a tocha olímpica pelas ruas da capital de Goiás, na noite desta quinta-feira, repetia essa frase. Bastava olhar para o rosto de Jane Karla, três vezes campeã dos Jogos Parapan-americanos, para ver o quanto ela estava emocionada com a recepção em sua cidade natal e com a oportunidade de participar do revezamento.

Nissan estreia nova campanha publicitária para os Jogos Rio 2016

May. 6, 2016

Nissan estreia nova campanha publicitária para os Jogos Rio 2016

Dando continuidade às ações de seu patrocínio aos Jogos Rio 2016, no dia 08 de maio, a Nissan estreia em rede nacional sua nova campanha publicitária ligada ao evento. A marca busca celebrar a chegada dos Jogos e levar os consumidores até o maior evento esportivo do mundo por meio dos produtos da marca.

Facebooktwittergoogle_plusmail

About Dina Barile

Recebi o título de Doutora em Viajologia, depois de viajar por 127 países e pisar em todos os continentes. Sou a primeira e única mulher brasileira a ter estado na ESTRATOSFERA. Experimentei a Culinária de todos os países por onde passei. Expert nos temas Turismo, Gastronomia e Beleza, convido todos os leitores para um Passeio Turístico e Gastronômico por todos os Continentes.

3 comments

  1. Nossa, quantos momentos legais a tocha está proporcionando!! Mais feliz eu fico com o trabalho dos patrocinadores, como a Nissan que comprou a ideia e está presenteando seus patrocinados com a tocha.
    Nós voluntários escolhidos em campanha entre mais de 50 mil não tivemos essa sorte. Parabéns NISSAN, vcs são realmente atrevidos! rs…

  2. Silvio de Moura Caetano

    Parabéns à Nissan pela iniciativa de eternizar esse momento tão especial na vida dos seus respectivos indicados, dando de presente a tocha olímpica.

    Fui condutor em Goiânia indicado pelo Comitê Olímpico com a missão de representar todos os voluntários do meu Estado que trabalhão nos Jogos Olímpicos Rio 2016, mas infelizmente não fui agraciado com a tocha olímpica, bem como meus outros 26 companheiros de revezamento e voluntários dos outros estados brasileiros.

    Essa tocha não é apenas um objeto de decoração, mas tem um grande significado para minha vida, por causa da história que construí para chegar até aqui e ganhá-la seria a realização de outro grande sonho.

    Parabéns a todos esses condutores que constroem o nosso Brasil.

  3. Maria Clara Marinho

    Poxa… incrível sentir a emoção de cada um desses condutores! Vibrei junto!!! ^^ Parabéns à Nissan por proporcionar tudo isso, mostrando que acredita no poder transformador do esporte e possui o verdadeiro espírito olímpico!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*