Saiba tudo que bombou no Arnold Classic South America

O ator Arnold Schwarzenegger inaugurou nessa sexta-feira, 21/04, em São Paulo a Arnold Classic 2017, o maior evento multiesportivo da América Latina e uma das principais feiras de nutrição esportiva do mundo.

O encontro reuniu cerca de 10 mil atletas que competiram em 37 modalidades e categorias, numa verdadeira festa do esporte. As Olimpíadas contaram com 10.500 atletas e 42 modalidades.

É um momento histórico, já que o esporte passará a integrar os Jogos Olímpicos.

A feira contou com a presença de 150 marcas, 100 conferências e 4.000 congressistas entre profissionais da educação física, nutrição e medicina esportiva, com a intenção de alcançar um volume de negócios de R$ 100 milhões.

As palestras focaram nas áreas de saúde, alimentação, treinamento e atividade física, apresentando um conteúdo voltado à Nutrição Esportiva, Nutrição Clínica e Preventiva, Nutrição Funcional, Nutrição em Estética, Medicina e o Esporte, Treinamento de Força e Hipertrofia, Treinamento Funcional, Bodybuilding e Gestão de Lojas de Suplementos.

Entre as competições, chamaram a atenção: Bodybuilding, Judô, Pebolim, Xadrez, Cubo Mágico, as competições estão melhores a cada ano.
.

Primeiro dia do Arnold Classic South America

O Arnold Classic 2017 foi realizado até domingo, 23/04, no Transamerica Expo Center de São Paulo, e superou todas as expectativas dos organizadores. E isso inclui o próprio Schwarzenegger e seus sócios Luis Felipe Bonilha e Ana Paula Leal Graziano. “Fiquei extremamente feliz com o sucesso representado pelo crescimento de 30% da feira, com a geração de mais de 100 milhões de reais em volume de negócios e com a presença de milhares de pessoas, incluindo 10 mil atletas disputando 37 modalidades. Além disso, ver a alegria e o entusiasmo dos brasileiros, especialmente das crianças, é sempre muito bom”, disse o lendário atleta, astro de cinema e ex-governador da Califórnia, que na manhã desta segunda-feira (24) ainda teve tempo de se encontrar com o prefeito de São Paulo, João Doria, ao lado de diretores do evento no Brasil.

Ana Paula Leal também comemorou a estreia em grande estilo do Arnold Classic South America em São Paulo. “Estamos felizes pelos números alcançados e também por ter levado uma experiência única para o público apaixonado por esportes do Brasil e da América do Sul”, disse a empresária, que lembrou a importância do Conference, evento de educação continuada que recebeu 4 mil profissionais de educação física, nutrição, medicina esportiva e fisioterapia. “É o maior evento do gênero no mundo e quatro vezes maior que o segundo, promovido nos Estados Unidos”, observou. Juntos, Conference e a Expo levaram ao Arnold Classic mais de 60 mil pessoas, sendo 20 mil de fora da cidade.

                                                                                                                                    .

Segundo dia do Arnold Classic South America


Resultados do Arnold Classic South America

Alguns dos homens mais musculosos do mundo exibiram grande forma física na disputa do Bodybuilding Pro. Com uma apresentação que arrancou muitos aplausos do público que lotou o pavilhão do palco central, Lukas Osladil, da República Checa, conquistou o sonhado troféu de campeão e recebeu a premiação das mãos da lenda do esporte, Arnold Schwarzenegger. A segunda colocação ficou com Juan Morel, dos Estados Unidos, seguido pelo compatriota Michael Lockett. Completaram o top 6: Johnnie O. Jackson (EUA), Tomas Kaspar (República Checa) e Earl Abraham (África do Sul), quarto, quinto e sexto colocados, respectivamente.

Foi um final de semana de bastante surpresas para quem esperava que os figurões dominassem as principais competições.

A surpresa ficou por conta da vitória de Lukas Osladil, da República Tcheca, no Bodybuilding PRO masculino.

Resultados do Arnold Classic: Lukas Osladil levou o prêmio pra casa!

O Pro Men’s Bodybuilding ficou assim:

1ºlugar – Lukas Osladil
2°lugar – Juan Morel
3°lugar – Michael Lockett
4°lugar – Johnnie O. Jackson
5ºlugar – Thomas Kaspar
6°lugar – Earl Abrahams

Guy Cisterino, considerado o favorito, não se classificou pro TOP 6, considerada a final do torneio.

A categoria Figure, que é a semelhante para as meninas, a disputa foi bem mais acirrada. Quem levou o prêmio para casa foi a Latorya Watts, dos Estados Unidos. Essa categoria contou com cinco brasileiras na disputa, tendo Michele da Silva Pinto ficando em terceiro lugar.

Confira os resultados Figure Feminino:

1º Lugar – Latorya Watts (EUA)
2º Lugar – Cydney Gillon (EUA)
3º Lugar – Michele da Silva Pinto (BRA)
4º Lugar – Danielle Balbino (BRA)
5º Lugar – Swann de La Rosa (EUA)
6º Lugar – Janaína Ferreira (BRA)

Os nossos atletas estiveram atuando em duas categorias. O Fabiano Ferreira esteve na categoria até 100 kg e terminou em oitavo lugar na sua participação. O vencedor da categoria foi o Brasileiro Jefferson Santos de Oliveira.

O Guilherme Pacheco, que competiu na categoria até 85 quilos, terminou em sétimo lugar. Apenas uma posição de disputar o hexagonal final. O vencedor da categoria foi o brasileiro Cláudio Antonio do Monte, o “Baby Arnold”.

Esses foram os principais resultados do Arnold Classic South America que foi realizado pelo quinto ano consecutivo no Brasil.

 

Terceiro e último dia do Arnold Classic South America:

Schwarzenegger fez sua última visita ao evento que tem seu nome, neste domingo, 23/04.

Uma vez mais, levou o público ao delírio ao passear pelos estandes dos expositores e arena esportiva. Arnold acompanhou de perto o Desafio Internacional Brasil x Suécia de Luta de Braço.

As brasileiras deram show, com as vitórias de Gabriela Vasconcelos e Tatiane Faria sobre as suecas Fia Reisek e Victoria Karlsson. Com o placar de 5 x 0 a favor de ambas, Gabriela e Tatiane não deram chances para suas rivais.

As duas lutas finais foram ainda mais especiais para as vencedoras em função da presença ilustre do “Exterminador”. Além da luta de braço, o encerramento do evento contou com as finais do V Open Internacional de Karate, 3º Copa Pan-Americana de Pole Dance, Campeonato Brasileiro Amador de Bodybuilding, entre outras atividades, como xadrez e strongman amador.

Arnold Classic South America supera expectativas e gera mais de R$ 100 milhões em negócios

A quinta edição da Arnold Classic South America, uma das maiores feiras de nutrição esportiva do mundo, reuniu mais de 150 expositores no Transamérica Expo São Paulo, entre os dias 21 e 23 de abril – mais de 80 mil pessoas foram conferir os lançamentos da área.

Business – Os patrocinadores do Arnold Classic South América fizeram coro com os organizadores sobre o sucesso da estreia da feira na Capital Paulista e o número de contratos fechados nos três dias do evento.

“Esta foi a maior feira de todos os tempos. O ano de 2017 é um marco: a Black Skull fez muito negócios. Estamos saindo daqui com mais de um milhão de dólares em negócios realizados. Trabalhamos incessantemente para fomentar o evento por meio de muitas ações, como as bandas de rock e atletas internacionais. Ele vai auxiliar ainda mais na recuperação do mercado de nutrição esportiva, que vem se mantendo apesar da crise. Em 2016 cresceu 9% e, para este ano, prevejo 18%, especialmente em função dos resultados do Arnold Classic South America”, garantiu Marcelo Bella, presidente da Black Skull.

Para a Atlhetica Nutrition, foram superadas todas as expectativas com o Arnold Classic South America 2017. Os executivos da empresa avaliam que o evento tornou-se um importante espaço para os negócios e, também, para o contato com o público e fãs. O gerente nacional de Vendas, Eduardo Henrique Caruzo, e o gerente nacional de Novos Negócios, Jefferson Silva, confirmam que o volume de negócios foi 50% maior do que no Arnold do ano passado, com 1.500 clientes atendidos. O diretor de Marketing, Eduardo Mondini, destacou a organização do estande, dividido em três espaços: de negócios, o Palco Best Whey e o Hard Core Gym, que recebeu milhares de visitantes.

“Desde que chegou ao Brasil, o Arnold Classic sempre foi uma grande oportunidade para receber nossos consumidores e parceiros comerciais. Aqui em São Paulo batemos recorde no atendimento a clientes, além de interagir com o cliente final, sempre ávido por novidades, degustação de produtos e em conhecer celebridades. O Arnold Classic South America foi excelente para a Max Titanium. São Paulo é polo de negócios e, comparado ao Rio de Janeiro, fechamos muito mais”, disse Mariana Morelli, sócia-proprietária que atua como diretora comercial da Max Titanium.

“Da nossa parte, O Arnold Classic South America foi muito positivo. Fizemos inúmeros contatos e realizamos incontáveis negócios. Ainda vamos fechar o balanço, mas posso afirmar com tranquilidade que a Midway superou os 25 milhões de reais em vendas nessa primeira edição da feira em São Paulo”, analisou Julio Colle, vice-presidente da empresa.

Evento Global – O Arnold Classic é hoje um evento de alcance mundial. Além da América do Sul e América do Norte, Schwarzenegger ampliou sua área de atuação nos demais continentes. É realizado também na Europa, Ásia, Oceania e África.

O sucesso do Arnold Classic South América vai além do crescimento de 30% em relação ao ano passado. O número de lojistas participantes foi recorde, com 4.520 profissionais em busca de produtos, 50% a mais que em 2016. “A enorme movimentação de profissionais do mercado provocará volume de negócios acima de R$ 100 milhões. Também impactamos positivamente na economia da cidade com a criação de 5 mil empregos diretos e indiretos. Além disso, reunimos um público extraordinário e altamente qualificado, mesmo no meio de um feriado. Contamos com os fãs de esportes em geral, além de nutricionistas, atletas, professores de educação física e demais pessoas envolvidas com esporte e saúde de todo o País”, afirmou Luis Felipe Bonilha, diretor da feira ao lado de Ana Paula Leal Graziano, ambos sócios de Schwarzenegger no evento.

O Arnold Classic South America teve patrocínio diamond de Atlhetica Nutrition, Black Skull, Integralmedica, Max Titanium e Midway, patrocínio gold de Champion e apoios de WW transportes, Água Legítima Lindoia e Stadium. A realização foi de Savaget Excalibur Promoções e Eventos.

De todos os produtos apresentados, 5  se destacaram:

1.    Água de coco em pó, da biO2

Aliviar a sede com uma água de coco pós-corridinha agora ficou mais fácil.

A biO2 desenvolveu uma opção em pó para a bebida que vem apenas com dois ingredientes: o coco e a maltodextrina de mandioca.

O produto é livre de corantes, aromatizantes, glúten e lactose. Adicione 500 ml de água e tenha uma fonte de reposição de sais minerais sempre em mãos.

 

    2. Spray de óleo de coco, da Copra Alimentos

O queridinho do mundo fitness ganhou uma nova versão: em spray, para ser usada na preparação do ovo mexido e da torta integral ou mesmo para grelhar um salmão. Basta um jato.

Mas é preciso ficar atenta porque a composição leva 53% de óleo de coco, 42% de óleo de palma e 6% de lecitina de soja (com propriedade antiaderente).

Para a nutricionista esportiva Vitoria Falcão, de São Paulo, vale mais a pena comprar o óleo na versão normal e extra virgem.

“O óleo de palma oxida com facilidade, o que gera um processo inflamatório no corpo”, explica.

Saiba mais sobre a COPRA, acessando:
Óleo de Coco em Spray, da Copra Alimentos, para uso culinário

Copra estreou no Arnold com lançamentos e Gracyanne Barbosa

 

3. Molho turbinado para saladas e lanches Vita Sauce, da Symbol Nutritional Foods

A salada de todos os dias perdeu a graça?

Em vez de ficar só no frango com batata-doce, aproveite os novos sabores da Symbol Nutritional Foods, que já vêm suplementados.

Os cinco sabores – mostarda, alho, limão com ervas, barbecue e ketchup – têm whey protein, albumina, glutamina e Bcaa.

Os produtos são livres de açúcar, glúten e lactose e apresentam baixo teor de sódio.

.

  1. Sopa proteica pronta, da Power1One

A marca já conhecida pelas pastas de amendoim, agora, decidiu apostar em sopas ricas em proteína: à base de batata-doce, uma leva carne (com 16 g do nutriente) e a outra, ervilha, (para vegetarianos, com 14 g).

A duas opções ainda contam com legumes desidratados como cenoura, abobrinha, espinafre e proteína de arroz.

Bônus: sem glúten, lactose nem gordura trans.

 

5. Whey protein com sabor cítrico Top Whey 3W, da Max Titanium

Para quem está cansada dos sabores de chocolate, baunilha e flocos do whey protein pode variar o shake com maçã verde.

O Top Whey 3W é lançado em três verões da proteína do soro do leite: concentrada, isolada e hidrolisada.

Facebooktwittergoogle_plusmail

About Dina Barile

Recebi o título de Doutora em Viajologia, depois de viajar por 127 países e pisar em todos os continentes. Sou a primeira e única mulher brasileira a ter estado na ESTRATOSFERA. Experimentei a Culinária de todos os países por onde passei. Expert nos temas Turismo, Gastronomia e Beleza, convido todos os leitores para um Passeio Turístico e Gastronômico por todos os Continentes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*