Você já pode realizar o sonho de emagrecer sem dieta, sem exercício e sem sacrifício. Acredite!

O Espaço Kurma em parceria com Ala Szerman – referência em estética e saúde no Brasil, lançam o programa Mindful Slim

Dividido em 8 encontros, o programa une as técnicas de meditação Minfulness com os conhecimentos da neurociência focando intensamente no emagrecimento.

É uma novidade exclusiva do Espaço Kurma com a Ala Szerman!

O PORTAL SPOT LIFE está participando deste programa e vai contar as novidades, passo a passo e também mostrar o resultado. ACOMPANHEM!

 

Mindful Slim – Emagrecer começa pela mente

Mais de 50% da população brasileira está acima do peso, 53,8% mais precisamente. Esse dado foi divulgado no último dia 17 pelo Ministério da Saúde segundo pesquisa da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel). Devido a esse alto número, é possível entender porque as dietas e receitas milagrosas (e muitas vezes perigosas) são tão buscadas por mulheres e homens de todas as idades. Mas porque dietas quase nunca funcionam? Ou se dão resultados, cedo ou tarde, a pessoa volta a engordar? A resposta pode estar na forma como se lida com a alimentação. É preciso, portanto, uma reflexão maior sobre isso.

E esta é a proposta do Mindful Slim, programa focado no emagrecimento realizado pelo Espaço Kurma, de São Paulo, em parceria com Ala Szerman, referência em conhecimento estético e beleza no Brasil.

O programa segue um modelo que já é sucesso nos Estados Unidos. E o Kurma é o primeiro Spa a receber a técnica exata trazida por Ala. O Mindful Slim une a prática de meditação budista Mindfulness com os conhecimentos da neurociência “Essa meditação trabalha a habilidade de atenção plena, o poder de focar no aqui e agora sem a preocupação com o futuro e nem as angústias do passado. Por meio de técnicas simples de exercícios de concentração, é possível encontrar o equilíbrio físico, mental e emocional”, explica Ala Szerman.

E aqui entra a neurociência, pois por meio dos conhecimentos obtidos pelos cientistas é possível direcionar a meditação e os exercícios para o emagrecimento: “A pessoa passa a ter controle sobre sua alimentação e deixa de realizá-la no modo automático. Aprende a trabalhar as emoções e a se controlar, sendo este um treinamento para sempre. Não é uma dieta, mas sim uma técnica de autoconhecimento, de se gostar e se respeitar”, afirma Ala.

O Mindful Slim conta com oito encontros realizados semanalmente com duração de uma hora e, assim como o método americano, tem ainda oito sessões semanais de Lypossagem, técnica de movimentos para estimular a eliminação de gordura associada à termólise. “Ela combina movimentos precisos de massagem com modernos equipamentos para acelerar a redução de medidas e tratar a flacidez da pele, que pode aparecer com o emagrecimento”, explica Sueli Szterling, esteticista e sócia do Kurma.

Se você ainda não se convenceu, apresento nove razões para começar a praticar mindfulness, batizado como o novo aliado no empoderamento das mulheres

A meditação mindfulness foi definida como a consciência do momento presente desprovida de julgamento, quando a atenção plena nos dá acesso a várias características. Mas uma é essencial – o alcance da metaconsciência, característica essencial para pensar sobre os próprios pensamentos, sentir os sentimentos e antever comportamentos, sem que fiquemos aprisionados nas velhas reações automáticas.

Mindfulness tem sua origem no Tibete. E atualmente, milhares de pessoas superaram a dor crônica, ansiedade, problemas de sono, doenças do coração e depressão pela técnica do mindfulness. Ela se estendeu por clínicas, escolas, o setor corporativo e os lares de pessoas que desejam alcançar o bem estar.

Mindfulness, em resumo, é uma maneira de convergir a atenção para o aqui e agora, reconhecendo e afastando reações fisiológicas e emocionais automáticas que acionam a distração.

De pronto, posso definir nove razões para que você considere participar do time dos que adotaram o mindfulness em suas vidas. Agora, imagine, com esta técnica você vai ganhar qualidade de vida e ainda perder peso? Não é o ideal de qualquer pessoa lúcida?

  1. Não tem custo. Aprendemos a lidar com a atenção plena para qualquer coisa a qualquer momento, sem precisar de livros, aplicativos ou ensinamentos especiais. Nada que precisamos comprar para praticar a atenção plena.
  2. Ajuda a aceitar o que não podemos mudar. Às vezes, temos que tomar alguma decisão, como sair de um relacionamento ou sair da chuva. Quando a dor é inevitável, a atenção plena permite sofrer menos. Ao desenvolver uma quantidade de flexibilidade na determinação de onde colocar nossa atenção, podemos experimentar coisas dolorosas sem ser apanhados em sofrimento adicional.
  3. Faz com que possamos nos superar. Na cultura brasileira usamos com exagero a lei de Gerson. Desde a década de 70, ela ensina que devemos poder tirar vantagem de tudo. Através da perspectiva atenta, nos tornamos capazes de nos conectar com as pessoas ao nosso redor, online e off-line. Na vida moderna não podemos mais fazer as coisas sozinhos. Contamos com os outros para ter certeza de que temos eletricidade, água corrente, coleta de lixo e opções de transporte público.
  4. É apoiada pela investigação científica. A ciência demonstrou sua eficácia em várias terapias para ajudar pessoas com dor crônica, psoríase, abuso de substâncias, ansiedade e depressão. Se você digitar os termos tratamento e mindfulness no Google encontrará mais resultados do que podem ser lidos em uma semana.
  5. Não necessita esforço extraordinário. Temos que aprender a evitar o modo padrão automático que adotamos sempre que não estamos executando alguma tarefa. Leva um tempo, mas vale a pena – a vida passa a ser gerenciada pelo poder próprio. Não parece um absurdo não ser assim?
  6. Você não precisa acreditar nos outros. Passa a perceber o que realmente acontece à volta. Ninguém é melhor especialista na sua experiência do momento presente do que você mesmo.
  7. Você se torna mestre. De uma perspectiva existencial, a atenção plena permite cultivar o autoconhecimento. Sem isso, não temos como viver com autenticidade. Passamos a tomar consciência das nossas ações e as alinhamos com nossos valores pessoais.
  8. Pode ser feito a qualquer hora, em qualquer lugar. Sempre que quisermos, sintonizamos o canal da atenção plena, tomando consciência do que acontece ao redor. Usamos a respiração como âncora, concentrando a atenção nessa experiência onipresente, focalizando as sensações do processo de inspirar e expirar como um relógio de pêndulo.
  9. É um lance cool. Com um pouco de prática nos tornamos conscientes das experiências da vida. Por exemplo, às vezes coisas ruins acontecem ou situações indesejadas aparecem; uma vez que estejamos livres da programação reativa habitual, podemos olhar para a situação objetivamente e decidir o que fazer sobre ela. Se me sinto decepcionado com a falta de sol hoje, eu posso fazer um esforço para me sentir mais feliz. Isso não vai acontecer se eu simplesmente ficar atolado no mau humor.

Serviço

O investimento é de R$ 2.106 e pode ser pago em até 4 vezes no cartão.

O Espaço Kurma fica na Rua dos Macunis, 244 – Alto de Pinheiros.

Facebooktwittergoogle_plusmail

About Dina Barile

Recebi o título de Doutora em Viajologia, depois de viajar por 127 países e pisar em todos os continentes. Sou a primeira e única mulher brasileira a ter estado na ESTRATOSFERA. Experimentei a Culinária de todos os países por onde passei. Expert nos temas Turismo, Gastronomia e Beleza, convido todos os leitores para um Passeio Turístico e Gastronômico por todos os Continentes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*