Consumidor Consciente

O consumidor consciente é aquele que faz com que a mudança de atitude na hora da escolha de consumo seja parte da rotina e não apenas uma ato momentâneo

Desta forma, contribui para um mundo melhor todos os dias. As ações e decisões tomadas no dia a dia devem sempre levar em conta os impactos na natureza que uma compra aparentemente inofensiva pode causar, ou o uso e descarte de produtos, ou a escolha de empresa verdes, afinal, esta é a maneira de dar a devida importância em preservar o meio ambiente. 

Para isso, nos deparamos com muitas ações de grupos governamentais, empresas privadas, entre outros, para despertar na sociedade o quanto é relevante para a sociedade essa mudança de comportamento. Um exemplo recente foi um barco catamarã feito de garrafas PET, que percorreu dos Estados Unidos até a Austrália, com objetivo de conscientizar a população da importância da reciclagem e do uso de materiais alternativos. 

Ciente dessa importância, a Trisoft também fez sua ação de conscientização ambiental com o Passeio no Rio Tietê o qual mostrou sua preocupação com a sustentabilidade. A empresa já retirou do meio ambiente cerca de 300 milhões de garrafas PET para produzir a lã de PET ISOSOFT, um isolante termoacústico. Uma garrafa PET leva cerca de 100 anos para se decompor e não é preciso buscar muitas informações para saber o estranho que esse produto faz no planeta. 

A lã de PET ISOSOFT é uma alternativa inteligente para qualquer construção, pois pode ser reutilizado ou reciclado após uma reforma, além de contribuir para a aprovação de construções ecossustentáveis, que almejam o selo Leed de Sustentabilidade, reconhecido internacionalmente através do Green Building. O Isosoft protege contra ruídos e melhora a sensação térmica de ambientes, pois adequa-se aos mais exigentes projetos arquitetônicos. É fabricado em densidades e dimensões para ser aplicado como isolamento acústico em pisos e paredes, ou isolamento térmico em coberturas e telhados de escritórios, galpões, teatros, auditórios, supermercados, casas noturnas, entre outros. 

Produtos usados na decoração da casa, artigos de moda como bolsas, jaquetas, botas entre outros e estofados de carros possuem uma manta no revestimento que pode ser feita a partir de garrafas PET também e esses ainda são antialérgicos e anti-mofo, mostrando que a preocupação com a saúde anda junto com a responsabilidade social. Para isso a Trisoft desenvolveu as mantas ecologicamente corretas, que embora não fique exposta visualmente, sua qualidade deve sempre ser levada em consideração. E são utilizadas em diversos produtos como: enchimentos de edredons, colchas, estofados, colchões, artigos de vestuário, artigos de bebê, entre outros. Você já parou para pensar nisso? Se o que tem dentro do seu edredon é ecologicamente correto?

Hábitos de vida mais sustentáveis devem ser adotados em prol da preservação ambiental, mais do que consciência ambiental, devemos partir para as atitudes sustentáveis.  Agora que você sabe a importância de saber a procedência dos produtos que utiliza, preste atenção na hora de escolhê-los e uma ótima dica sãos as mantas Trisoft ecologicamente corretas. 

Maurício Cohab é diretor/presidente da Trisoft.
A Trisoft é uma empresa que está há 50 anos no mercado, desenvolvendo produtos com tecnologia de última geração, aliados à responsabilidade socioambiental o que permitiu o crescimento da empresa nos mais diversificados segmentos industriais, fabricando mantas, enchimentos, fibras de poliéster, isolantes termoacústicos e travesseiros.
Mais informações através do SAC Trisoft 11 4143-7933 / www.trisoft.com.br

About Dina Barile

Recebi o título de Doutora em Viajologia, depois de viajar por 134 países e pisar em todos os continentes. Sou a primeira e única mulher brasileira a ter estado na ESTRATOSFERA. Experimentei a Culinária de todos os países por onde passei. Expert nos temas Turismo, Gastronomia e Beleza, convido todos os leitores para um Passeio Turístico e Gastronômico por todos os Continentes.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*